O marketing digital é, sem sombra de dúvidas, uma estratégia com um ótimo custo-benefício quando bem aplicada. Mas para saber se as estratégias digitais estão mesmo dando certo é preciso usar as métricas adequadas para mensurar os resultados.

O ROI é uma das métricas mais versáteis para entender essa relação de custo-benefício das estratégias, e aprender como usá-lo é muito simples.

No post de hoje vamos explicar o que é o ROI e ensinar como você pode usá-lo. Fique ligado!

O que é o ROI?

A sigla ROI é uma abreviação para a expressão do inglês “Return Over Investment”, que em tradução para o português seria “Retorno Sobre Investimento”. Ele é uma métrica de resultados, capaz de mensurar a eficiência de um investimento com base no seu retorno financeiro.

Ou seja, por meio do ROI você pode mensurar o retorno de todas as ações realizadas visando lucro: campanhas publicitárias, investimentos em canais de comunicação, estratégias de retenção de clientes, etc.

O ROI é muito interessante para ilustrar quais investimentos geram um retorno positivo e ajuda muito na hora de tomar decisões importantes, tanto de planejamento quanto de mudança de estratégia.

Como calcular o ROI?

Você pode calcular separadamente o ROI de cada ação para depois compará-las ou, até mesmo, de um negócio ou estratégia como um todo. Para isso, basta seguir a seguinte fórmula:

ROI = (Ganhos – Custo / Custo) x 100

Onde “Ganhos” é todo o valor arrecadado com a ação, e “Custo” é o valor investido para financiar a ação.

Veja, por exemplo, o cálculo do ROI de uma campanha de anúncios online. Vamos supor que a campanha custou R$ 1.000,00, e que dela foram arrecadados R$ 5.000,00 em vendas.

Então:

ROI = (5.000 – 1.000 / 1.000)

ROI = 4

Para obtermos o valor percentual multiplicamos o resultado por 100:

ROI = 4 x 100 = 400%

Isso significa que para cada R$ 1,00 investido na ação houve um lucro de R$ 4,00.

Qual a utilidade do ROI?

Por conta da sua versatilidade é possível calcular o ROI para praticamente qualquer ação.

Ele pode ajudar a identificar, entre outras coisas, o que pode ser feito para melhorar campanhas, quais são os melhores canais de comunicação, de onde vem a maior parte do lucro e como anda a eficiência do processo de aquisição de clientes.

Porém, lembre-se de levar em consideração o período de tempo dos investimentos a serem calculados. O ROI não leva em consideração fatores como sazonalidade e tributação. Em alguns segmentos há épocas do ano em que as ações naturalmente vão gerar mais retorno.

Por isso, é recomendado manter uma periodicidade no monitoramento do ROI das ações. Assim, evita-se erros de interpretação, é possível conhecer como as ações normalmente se comportarão e prever tendências.

Ao analisar as ações usando o ROI você poderá tomar decisões mais estratégicas e não somente apoiado em percepções superficiais, mas com base em dados reais e um método eficiente que favorece a competitividade.

Quais as vantagens de usar o ROI?

1. Pode reduzir custos

Nem sempre tudo o que é investido em marketing realmente paga o que custou, e ao calcular o ROI das suas estratégias você pode cortar gastos com investimentos ruins que, em um primeiro momento, pareciam bons.

2. Ajuda a otimizar investimentos

Sabendo quais são os investimentos mais lucrativos e cortando despesas desnecessárias você terá informações melhores para saber onde investir, o que deve ser melhorado e com o que gastar.

3. Colabora com a definição de metas

Com mais informações sobre a capacidade de retorno das estratégias, a definição de metas será mais próxima da realidade e da capacidade do seu negócio, permitindo que sejam trabalhados prazos e objetivos que a sua equipe e suas estratégias deem conta de cumprir.

O ROI vai ajudar você a ter uma ideia melhor de como anda o retorno sobre o que foi investido nas estratégias digitais e ações em geral e te ajudará a economizar dinheiro. Se você quer saber como pode poupar ainda mais dinheiro, não perca a oportunidade de descobrir como gastar menos com mídia paga. Boa leitura!