Você já tentou acessar um site por meio de seu smartphone e teve que utilizar o zoom para ler o conteúdo? Já tentou clicar em um link de uma landing page e ele simplesmente não funcionou? Se a resposta foi sim, muito provavelmente você se irritou e desistiu de visualizar aquela página. 

Agora imagine se este endereço for da sua empresa. Consegue calcular quantos clientes em potencial saem dele pelo simples fato de não ser um site responsivo? Então para não perder vendas por conta disso, acompanhe o texto e confira por que você deve investir em responsividade na web!

O que é um site responsivo?

É aquele que consegue se adaptar a qualquer formato de tela, seja de um computador, tablet ou celular. Ele ajusta automaticamente o tamanho das imagens, a formatação do texto e até mesmo a exibição de links com o objetivo de facilitar a leitura do usuário e garantir uma melhor experiência de navegação.

Por que ter um site responsivo?

Diversas são as razões para que você invista nisso, mas as principais são:

Os celulares são o principal meio de acesso à internet

O número de brasileiros que utilizam os celulares para se conectar à internet cresce a cada ano. Segundo dados do Google, atualmente são 117 milhões de internautas no país, sendo que 96 milhões são usuários de smartphones.

E não é só isso. Em uma recente pesquisa, o IBGE aponta que o número de pessoas que se conectam à internet por meio de um microcomputador está diminuindo desde 2015, reforçando ainda mais a importância dos aparelhos móveis para acessar a web.

Sites responsivos melhoram a experiência do usuário

Se você utiliza o site de sua empresa para gerar leads ou realizar vendas, a construção de um site responsivo é essencial para melhorar a experiência do seu visitante. Isso acontece porque a responsividade facilita que o usuário navegue pela página, permitindo que ele leia o seu conteúdo e encontre o que procura sem dificuldades.

Assim você transmite uma imagem mais profissional de sua empresa, aumentando as chances de finalizar a conversão em até 67%, segundo o Google Think Insights.

A responsividade aumenta a velocidade da página

Outro benefício de construir um site responsivo é o aumento significativo na velocidade de carregamento do seu site. Lembre-se de que muitos usuários que acessam a internet por meio de um celular utilizam a rede móvel, que além de ser mais lenta consome o pacote de dados. Além disso, se o site demorar para carregar o seu cliente pode perder a paciência, fechar a janela e fazer suas buscas em outro endereço.

E se tudo isso ainda não lhe convenceu, saiba que o tempo de carregamento da página é um dos fatores que o Google leva em consideração para melhorar a posição de um site nas buscas orgânicas, fazendo toda a diferença em uma estratégia de SEO.

Como começar a construir um site responsivo?

Para construir um site responsivo, o primeiro passo é eliminar tudo o que não é essencial. Menus extensos, imagens muito pesadas e até mesmo animações podem ser excluídas para garantir uma melhor experiência do usuário.

Outra prática recomendada é respeitar os limites de larguras de tela mais comuns no mercado: 480px para smartphones pequenos; 768px para smartphones maiores e tablets de tamanho pequeno e 1024px para as telas maiores dos desktops.

Na dúvida, contrate uma empresa especializada na criação e desenvolvimento de sites responsivos. Assim você evita erros e garante a criação de uma página com bom design. Afinal, o que está em jogo é a imagem de sua empresa e a sua taxa de conversão.

Agora que você já sabe por que deve construir um site responsivo, que tal aprender mais sobre as melhores práticas para promoção da sua empresa? Acompanhe-nos nas redes sociais para conferir dicas que vão revolucionar a comunicação digital da sua empresa! Estamos presentes no Facebook, no Twitter, no Instagram e no LinkedIn